Como funciona o drogômetro por impressão digital.


Os drogômetros estão se tornando uma boa opção na hora de se fazer fiscalizações de trânsito. Em 2019 o governo começou a sinalizar favoravelmente para a utilização de drogômetros em Blitz da Lei Seca. Um dos produtos que vem sendo sondado para esse trabalho é o drogômetro por impressão digital. Hoje vamos ver como ele funciona.

Hoje, por lei é determinado que o motorista que for flagrado embriagado ou drogado e causar acidentes com vítimas devem ser severamente punidos. Em caso de homicídio culposo, a pena pode chegar a 5 e 8 anos de prisão. Caso o acidente não seja tão grave, a pena pode variar entre 2 a 5 anos.

Como funciona?

O Drogômetro “IFP” detecta a presença de até 15 drogas no suor da impressão digital. Ele demora 2 minutos para chegar ao resultado e a sua assertividade é de 97%. Dentre as substâncias detectadas estão as mais famosas como a cocaína, maconha e metanfetamina. Você pode ver a lista completa clicando aqui.

Ele tem um tamanho que possibilita o seu transporte para vários lugares. Por conta disso, ele é muito indicado para Blitz. As amostras ficam lacradas e é possível o seu uso para análises futuras. Além disso, ele consegue identificar a presença de drogas até 8 horas depois do seu uso.

Para efeito de comparação, os testes feitos com cabelo e urina conseguem identificar com até meses depois do uso. Porém, não conseguem identificar se o motorista está sob efeito de drogas.

O Processo

Em seu leitor o aparelho consegue identificar a presença de drogas e demonstra qual é a mesma. Assim, conseguindo confirmar ao policial se o condutor encontra-se drogado.

Para realizar o procedimento, primeiro é preciso que o condutor pressione com o dedo por 5 segundos sob a peça que vai ser lida. Ai então o acrílico da amostra se fecha e o tampão diluente é quebrado. Após isso, a amostra é colocada dentro do aparelho, que fica em análise por 2 minutos. Na tela o resultado aparece mostrando quais drogas foram, ou não, encontradas.

Em caso de positivo, é realizada outra coleta para uma análise mais detalhada e completa, feita diretamente num laboratório.

Drogômetro Suor Impressão Digital

Teste rápido por imunofluorescência (picogramas) , pelo suor da impressão digital, para detecção de substâncias ilícitas com leitor FIA.

Resultado em até 2 minutos;
Impressora (impressão idêntica à do bafômetro);
Teste com RFID;
Software de computador;
* Já possui teste para coletar amostra positiva para confirmação por LC/MS;
Cadeia de custódia;
Material completo para envio ao laboratório.
Janela de detecção das substâncias, até 8 horas depois do uso.

Siga o nosso instagram.

Quer conhecer mais sobre drogômetros? Acesse aqui.

  • AV. PRUDENTE DE MORAIS, 840
    6º ANDAR
    CORAÇÃO DE JESUS - BH - MG
    CEP: 30.380.252
  • (31) 3309-6648
QUER RECEBER NOSSAS OFERTAS
E NOVIDADES?
 
Preencha os campos abaixo e nos envie.